Zara apresenta novo logo, mas mudança não agrada aos consumidores

Data de publicação: 31 de janeiro de 2019

zara 1Marca espanhola apresenta novo logo, em primeira mudança desde 2011.

São Paulo – Mudanças de logo são arriscadas para as marcas e sempre atraem críticas dos consumidores. Eles, já acostumados ao desenho de então, raramente aprovam a novidade. Preferem aquilo que é familiar. Mas, com o tempo, nem se lembram mais que o logo mudou. Quem ainda critica que o logo atual do Google é “horrível”? Todos já esqueceram o desenho antigo, “clássico”. A maioria, provavelmente, nem consegue mais notar alguma diferença entre as versões.

A primeira mudança de logo polêmica 2019 veio da marca espanhola de moda e varejo Zara. A marca apresentou nessa semana o seu novo logo oficial. O desenho não é tão novo assim: já tinha aparecido aqui e acolá em algumas campanhas isoladas, como uma espécie de teste. Agora, a mudança é para valer.

O logo continua apresentando o nome da marca em caracteres pretos e em caixa alta. Mas a tipologia mudou. Agora os tipos são mais alongados e as serifas mais destacadas. O espaço entre as letras também diminuiu – ponto que foi o que mais os consumidores repararam. O nome acabou ganhando um ar mais complexo e de elegância. O antigo transmitia simplicidade e peso, mas ainda “arejado”.

Confira o antes e o depois:

zara-logo-antes-e-depois

Os caracteres do nome se sobrepõem, indicando um kerning (espaçamento entre os caracteres) bem reduzido. Aí reside o alvo das críticas. De longe (ou em uma versão muito pequena), as serifas das letras levemente sobrepostas acabam criando a ilusão de que está escrito “ZABA” em vez de “ZARA”. Alguns comentários no Twitter lembraram que “zaba” significa “sapo” em polonês. Certamente uma impressão que a marca não queria causar.

A maior complexidade do logo vai na contramão da tendência atual de marcas criarem logos cada vez mais simples, facilitando sua aplicação e visualização em telas pequenas de smartphones, por exemplo.

A última mudança de logo da marca tinha sido em 2011. O novo desenho foi criado pelo escritório Baron & Baron. Fabien Baron, à frente do escritório, já cuidou da tipografia da marca Dior e trabalhou como diretor criativo da revista de moda Harper’s Bazaar. Não à toa, alguns consumidores perceberam uma semelhança do novo logo da Zara com o logo dessa revista.

A mudança acabou gerando algumas piadas:

Dx3lZ5VXQAESSRo

 

Fonte: https://exame.abril.com.br

 

 


Veja Também

Newsletter

Receba novidades e promoções do nosso site.