Escrevendo para Internet

Data de publicação: 20 de setembro de 2013

Existem algumas diferenças entre a forma de se escrever em papel (correspondências, livros, revistas, etc) e de se escrever para internautas.

Ao iniciar um texto, você deve ter em mente que:

  • Na rede as pessoas costumam “escanear” uma página antes de lê-la.
  • Buscarão primeiro os subtítulos, em seguida os pontos marcadores (como este aqui) e as imagens. Fazem-no para determinar se o artigo tem a solução que procuram.

Como organizar o conteúdo

Ao contrário de um texto normal onde você coloca introdução, desenvolvimento do assunto e conclusão; para a Internet você deverá usar a seguinte sequência:

  1. Qual solução você está oferecendo. Qual é o objetivo do artigo.
  2. O que fazer para solucionar o problema.
  3. Como solucionar o problema. Ou, se você for uma empresa prestadora de serviços, a solução é justamente contratar sua empresa.

Dicas de redação

A capacidade de atenção de uma pessoa na Internet é bastante reduzida. Seja objetivo e tente evitar ao máximo a possibilidade de confusão por parte do seu leitor. Portanto:

  • Use sempre frases curtas. Entre 15 e 20 palavras, no máximo.
  • Os parágrafos devem ter entre 3 e 5 frases.
  • Use subtítulos para organizar o conteúdo. Assim o leitor vai direto ao que lhe interessa.
  • Nunca fale de si ou de sua empresa na terceira pessoa. A terceira pessoa é aquela que está lendo o artigo. Ou seja: eu, ou nós da empresa X podemos ajudá-lo (a você, leitor) a…

Dê um tempo – Peça ajuda

Não publique seu artigo assim que acabar de escrevê-lo.  Espere ao menos 2 horas (técnica usada por jornalistas). Releia o que escreveu, e só então publique. Assim você evitará o risco de postar seu artigo com algum erro que não foi percebido pela leitura e releitura. Nosso cérebro nos prega peças. Ele pode fazer compensações e deixamos de perceber os erros.

É parecido com a fadiga de olfato. Precisamos dar um tempo para o cérebro "esquecer" o que escrevemos e encarar o texto como algo novo.

Outra recomendação de escritores é de montar um calendário editorial. A regra geral é multiplicar por 3 a antecedência de fechamento. Explico melhor: se você for fazer uma publicação por semana, tenha o artigo pronto 3 semanas antes. Se publica diariamente, o conteúdo deve estar pronto 3 dias antes de ir ao ar. Assim, quando você for reler antes de publicar, olhará o material com novos olhos e ficará mais fácil de perceber qualquer necessidade de ajustes.

Também é interessante pedir a alguém (amigo ou colega de trabalho) para que leia seu texto. Às vezes aquilo que nos parece tão claro, pode não o ser para outra pessoa.

Curation

Copiar e colar é contra a ética e também é punível pelo Google. Existe, porém, o recurso do curation, que nada mais é do que comentar um material publicado na rede mundial. Você pode fazê-lo, desde que coloque o artigo-fonte (o link). Esta prática beneficiará o material original, que receberá links externos, o que aumenta a relevância do site. Também poderá beneficiá-lo, pois seu leitor, ao perceber que o material possui fonte confiável, se sentirá mais seguro para seguir seus conselhos.

De modo geral, é recomendado que cada 4 posts originais seus, seja intercalado com um post de curation. Mais que isso poderá dar a impressão aos seus leitores de que você não tem ideias próprias e precisa sempre recorrer a outros para ter material para publicação.

Finalmente

Tenha em mente que a meta de uma postagem de blog é iniciar uma conversação. Um post não deve ter o objetivo de abordar um assunto de maneira completa.

Procure sempre deixar a porta aberta para haver interação entre você e seus leitores. Afinal, um relacionamento é uma troca.

Você concorda?


Veja Também

Newsletter

Receba novidades e promoções do nosso site.