10 dados impressionantes sobre e-commerce em 2019.

Data de publicação: 10 de dezembro de 2019

SITE_ECOMMERCE_V01_VZ

 

O comércio digital já representa 14,1% da relevância do varejo mundial. Saiba quais outros dados marcaram o segmento no ano que passou.

Compreender como os consumidores se sentem ao efetuar compras no varejo online é extremamente importante para melhorar as estatísticas de checkout.

O comércio eletrônico, que já foi uma inovação do setor, hoje já se tornou mainstream. Com a alta competitividade do setor, os varejistas virtuais precisam estar atentos a todos os dados para não perderem a atenção dos clientes e não ficar para trás da concorrência.

À medida que avançamos para o próximo ano, listamos aqui 11 dados impressionantes que marcaram o e-commerce em 2019:

1. COMPRAR ONLINE FICOU MAIS FÁCIL

Sessenta e três por cento dos consumidores disseram que as atualizações nas tecnologias de varejo para dispositivos móveis melhoraram suas experiências de compra online. (Fonte: National Retail Federation).

2. UMA GIGANTE NA LINHA DE FRENTE

A Amazon agora responde por quase 50% do mercado de comércio eletrônico dos Estados Unidos. (Fonte: TechCrunch).

3. FRETE GRÁTIS COMO DIFERENCIAL

Trinta e seis por cento dos compradores preferiram gastar mais, adicionando mais itens no carrinho de compras, para ter o benefício de frete grátis. Além disso, 62% dos clientes consideraram o frete grátis o melhor diferencial das lojas online. (Fontes: 2019 Shopper Insights Survey e Pulse of the Online Shopper Report).

4. COMPRAS PELA INTERNET

Em 2019, as vendas de comércio eletrônico representaram 14% de todas as vendas no varejo em todo o mundo. (Fonte: Statista).

5. TUDO POR UM DESCONTO

Noventa por cento dos clientes optaram por compartilhar dados pessoais com as lojas, como email ou celular para cadastro, para receber descontos em produtos. (Fonte: SmarterHQ).

6. BIG DATA

Sessenta e dois por cento dos varejistas relataram que o uso de big data criou uma vantagem competitiva para suas organizações. (Fonte: IBM e e National Retail Federation).

7. TROCA COMO FACILITADOR

Setenta e três por cento dos consumidores julgaram que a possibilidade de devolução dos produtos influenciou suas decisões de compra. Trinta e seis por cento dos clientes de ecommerce devolveram ao menos algum item três meses após a compra. (Fonte: Pulse of the Online Shopper Report).

8. NAVEGABILIDADE

Quarenta e nove por cento dos consumidores da Geração Z consideraram que a capacidade de encontrar rapidamente um produto em uma loja online foi a razão mais importante para terem fechado uma compra. (Fonte: IBM e National Retail Federation).

9. CARRINHO DE COMPRAS

Para sessenta e sete por cento das pessoas, um processo de checkout fluído foi a opção mais influente da experiência de compra. (2019 Shopper Insights Survey).

10. AMAZON COMO PREFERÊNCIA

Cinquenta e nove por cento dos jovens entre 16 a 36 anos foram para a Amazon antes de qualquer outro site de comércio eletrônico. (Fonte: Inviqa).

Fonte: https://www.consumidormoderno.com.br/


Veja Também

Newsletter

Receba novidades e promoções do nosso site.